Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Macadâmias’ Category

Gosto muito de cookies. Daqueles meios “chewie”, que não são super crocantes nem moles, mas ficam naquele meio termo bom. Tenho várias receitas guardadas, de vários tipos, mas confesso que não os experimento muitas vezes. Cá em casa só eu é que gosto e quando faço ou acabo a comê-los todos sozinha ou dou metade ou mesmo mais.

Quando vi esta receita no blog da Letrícia, achei que seria uma forma fantástica de usar as macadâmias que o Zé tinha trazido de Chicago. Tinha todos os ingredientes em casa, portanto lancei mãos aos trabalho.

Fiz umas alterações à receita, por isso fica aqui a minha versão – a da Letrícia está aqui. Uma das alterações que fiz foi trocar a manteiga por margarina. Eu sei que para os puristas isto é uma grande, grande asneira, porque bolos e bolachas se devem fazer com manteiga. A verdade é que gosto mais do sabor dos cookies feitos com margarina (Vaqueiro, sempre) do que com manteiga. Já experimentei as duas e prefiro, honestamente, a margarina. Com manteiga não consigo ter os cookies com a textura de que gosto, ficam sempre muito mais crocantes e “esfarelentos”.

Cookies de aveia e macadâmias

Ingredientes:

  • 125g farinha sem fermento
  • 1/2 colher chá bicarbonato de sódio
  • 1/2 colher chá fermento em pó
  • 1/2 colher chá sal
  • 100g açúcar mascavado escuro
  • 100g açúcar amarelo
  • 125g margarina
  • 1 ovo
  • 1 colher chá extracto de baunilha
  • 1 colher sopa leite
  • 160g flocos de aveia
  • 120g macadâmias

Na batedeira, bati os açúcares e a margarina até obter um creme. Acrescentei o ovo, a baunilha e o leite e continuei a bater. Quando estava tudo bem misturado, acrescentei a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal. No fim, já à mão, envolvi bem na massa a aveia e as macadâmias partidas em pedaços. Fiz bolas do tamanho de bolas de ping-pong e levei a assar, a 180ºC, por 10 minutos. Deixei-as arrefecer sobre uma grade e guardei-as em embalagens hermeticamente fechadas. A receita rendeu 30 cookies.

.

Gostei muito destes cookies. São leves e suaves, com o ocasional pedaço de macadâmia a acrescentar intensidade ao sabor. Não acertei bem com o tempo de forno: uns ficaram pouco assados e outros demasiado crocantes. Da próxima vez sairá melhor, certamente. Da receita da Letrícia eliminei o chocolate, porque achei que poderia disfarçar o sabor das macadâmias, e dobrei a dose das nozes. Uma coisa que não fiz (e que farei) foi torrar as macadâmias. As minhas são cruas e achei o sabor algo estranho. Quando ficaram à superfície do cookie e torraram, acidentalmente, no forno, ficaram com um sabor muito mais agradável.

Read Full Post »